14.8.17
Food Porn: Meus favoritos no ABC
Escolhi deixar a vida fitness para a Pugliese e optei por comer bem porque é o que eu mais gosto de fazer na vida depois de dormir hehe. 


   Reuni nesse post as minhas comidas favoritas nos meus lugares favoritos, e a maioria pode ser pedida através do ifood ou uber eats, dependendo da região do ABC que você morar. #chamanafalencinhabb



1. O Temaki e os hot roll do Tanoshi Sushi


Sempre peço pelo ifood, eles possuem cartão fidelidade e nas compras acima de -se não me engano- $30 reais você ganha um selo; a cada 10 selos você ganha um temaki. 
Obs: Nunca estive no restaurante mas sei que eles não possuem o sistema de rodízio. 


2. O cookie de frigideira do The Fifties


Que eu sou aloka dos cookies todo mundo já sabe, mas o que talvez vocês ainda não saibam é o quão bom é o Hot Cookie Pan do The Fifties. Tem no Park Shopping São Caetano pra quem é do ABC, mas quem não é pode consultar as redes disponíveis através do site. 
Só queria finalizar dizendo que esse cookies de frigideira foi uma das melhores coisas que comi NA VIDA. 


3. O breadstick de ovomaltine da Pizza Hut 


Me lembro da primeira vez que comi e só pensei "mano do céu, que negócio bom... Deus é top". Recomendei esse breadstick no meu instagram pessoal esses dias e não sei se vocês chegaram a experimentar, mas se forem pedir pizza na Pizza Hut não deixem de acrescentá-los no pedido de vocês. Sério, é muito bom!!! 


4. A maionese temperada do KFC



Outra coisa que sou completamente viciada é em KFC e toda vez que eu como a maionese temperada deles digo "essa maionese é tão boa que devia ser estudada pela Nasa". Eu queria estocar os potinhos na minha casa e levá-la à todas as minhas idas ao Mc Donalds para comer com as minhas batatas. 
Obs: Vocês encontram o KFC no Grand Plaza Shopping, no Shopping ABC e no Park Shopping São Caetano.


5. O combo burguer do Tri Burguer


foto @3iburguer

Gosto de tudo lá, a começar pelo ambiente. A vibes praia e as pranchas de surf na decoração têm meu coração. O combo que inclui cheeseburguer (vem junto com alface, tomate e cebolas), crinkle fries e coca ou água, eu peço pelo uber eats mas queria dizer que tudo lá é ótimo. Não tivemos sorte na sobremesa no dia que fomos ao restaurante físico porque o nosso milk shake (aquele que vem com o brownie em cima) estava com o leite estragado, então acabamos não tomando, mas o brownie é maravilhoso e todos os outros produtos também. 
O tri burguer está no meu top 3 hamburguerias favoritas de Santo André. 


6. O gelato e o cookie candy do Cookie'n Ice 

repost @cookieniceoficial



Eu ainda não sei se agradeço pelo quiosque deles no Grand Plaza Shopping ou se choro por passar na frente dele praticamente todos os dias da minha semana. É uma luta diária resisti e não tem sido fácil... Em contrapartida valem todas as minhas calorias, tanto o gelato quanto o cookie candy. Todos os sabores dos sorvetes são maravilhosos e os cookies também, provem. 


7. O Hamburguer do Bfactory 


O B Factory é uma das hamburguerias abertas recentemente em Santo André e está localizada no Bairro Jardim, em frente a Croasonho. Eu adoro os aperitivos tanto quanto o hamburguer (sempre servidos em pães excepcionais). As fritas são ótimas e as iscas de frango também, sempre as peço quando estou com uma galera.  



8. O pokee do Tangaroa Poke

foto @tangaroa_poke_e_ceviche

O Tangaroa fica dentro do complexo To The Sea/Tri Burguer mas pedi pelo Uber Eats e fiquei surpresa com a qualidade do Pokee. Realmente estava delicioso e muito bem temperado, além de ser muito leve.


9. O croissant da Croasonho 


Prefiro pedir pelo Uber Eats do que comer lá, nem por uma questão de comodidade mas de sabor. As vezes no restaurante eles acabam vindo um pouco duros porque eles acabam deixando muito tempo no forno; já quando pedimos pelo Uber Eats ou Ifood (eles estão nas duas plataformas) por serem embalados ainda muito quentes eles acabam ficando mais "molinhos". 
Os meus croissants favoritos por enquanto são o filé com requeijão e mussarela e o de nutella (peço sem frutas). 


10. O penne a caprese do Portofino Cucina Italiana

foto @portofinocucinaitaliana

Antes mesmo de falar sobre o penne um alerta: peçam sempre meia porção. Apesar de ser cobrado 60% do valor do prato para dois, vem exatamente a mesma quantidade de quando pedimos para duas pessoas. A porção é a mesma porque é servido na mesma travessa, eles não tem uma opção menor de recipiente... Pelo menos foi o que pude concluir em todas as minhas pedidas. 
Agora sobre o penne, é o meu favorito disparado de todos os lugares que comi até hoje. Vale cada centavo. 


E vocês quais as comidas e lugares favorito de vocês? Me contem nos comentários.


XOXO

  

11.8.17
10 coisas para fazer com o namorado
Ou com os amigos, caso você não tenha um namorado como eu hehe. 


  Pô Mayni, mas você nem tem namorado, qual é a desse post? Não tenho mas é aquele ditado né mores -mentira não tem ditado nenhum, inventei agora- um dia terei. Alô 2019?! 

Queria dizer que meus amigos não possuem direito algum de tecer comentários sobre esse post porque para eles "eu não tenho coração" mas eu também sei ser romântica quando quero e esse post será a maior prova documental que vocês terão disso. 

Enfim, quando isso acontecer (em 2019, porque agora tô de boa) pretendo fazer tudo isso...


1. Acampar


Pode ser em qualquer lugar: montanhas, campings, reservas naturais... Mas eu tenho preferências em lugares perto de praias e/ou cachoeiras.



2. Passeio de Balão


Ainda não comprei o berloque de balão que eu queria, porque ainda espero pelo dia desse passeio acontecer; e então eu o comprarei como símbolo de "check". Se alguém aí compartilhar desse sonho também, me convidem!!!


3. Ver o pôr do sol na praça do Pôr do Sol


Tive a oportunidade de passar pela praça mas não pude apreciar o pôr do sol com calma e adoraria fazer isso um dia com ou sem namorado. 


4. Andar de pedalinho no Parque Estoril 


A última vez em que fiz isso na vida eu estava com o meu pai no clube em que éramos sócios e tinha uma teia de aranha enorme no nosso peladinho. Eu não consegui aproveitar direito o passeio na época porque eu estava morrendo de medo de uma possível aparição da mesma e adoraria renovar a minha recordação desse passeio de uma forma mais feliz e menos traumática hehe. 

5. Ver as auroras boreais 

fonte desconhecida

Esse aqui é pra quem tem grana, mas se assim como eu você não tem, usa a critiatividade né? Aprendam com o Dan Humphrey como é que se faz. Em Gossip Girl, tudo o que a Serena, namorada de Dan na época, queria era que nevasse. Como não teria neve em NY Dan fez com que nevasse entre quatro paredes com o auxílio de projetores e alguns outros dispositivos.
 Não tem grana para auroras boreais? Chama o mozão pra ver as estrelas no telhado. Mora em prédio? Coloca aqueles adesivos de estrelas que brilham no escuro no teto do seu quarto, crie suas próprias constelações e as veja da sua cama. Sejam criativos!!! #ChamaNoPlanetárioBB

6. Andar de Kart


Também nunca andei de kart e esse é um dos meus sonhos de princesa porque até hoje a única coisa que eu andei nessa minha vida foi nos carrinhos de bate-bate do playland kkkk. Nem carteira de motorista eu tenho... 

7. Andar de Bicicleta no Ibira 


Nunca fui ao Ibirapuera com o propósito de andar de bike. Sou tão aloka das artes que todas as vezes que estive no Ibira foram para a Bienal das Artes ou para a Campanha do Outubro Rosa mas se vocês curtirem e tiverem disposição (que nem sempre é o meu caso) subam para a Paulista, desçam a Augusta e vão até a Praça Roosevelt de bike porque será uma forma diferente de enxergar sampa. 

8. Ir até a Liberdade


Comam pastel na Yoka, tomem frozen yogurt na YoGuTi, façam um pedido naquele laguinho do Jardim Japônes, mesmo que lá não seja a La Fontana em Roma, que está tudo certo. 
Entrem nas lojas de decoração/utilidades e finjam que estão noivos, façam a lista de casamento... Imaginem tudo o que vocês gostariam de comprar para a casa de vocês.

9. Surfar


Se vocês não surfam, aprendam a surfar juntos. Além de se divertirem MUITO vocês também rirão à beça com os tombos e caldos. Lembro-me do dia em que aprendi a surfar de bodyboard com o Marcos, um filho do amigo do meu pai que tive o prazer de conhecer na praia, e no meio de toda a ajuda e risadas acabou pintando um clima então #FicaDica.

10. Façam algo que sempre quiseram fazer


Não se limitem só as minhas recomendações, pergunte ao seu namorado(a) alguma coisa que ele(a) sempre quis fazer mas que nunca tenha feito e façam juntos. Certamente será algo que ficará marcado na memória de vocês para sempre.


É isso, Celebrem o amor! Valorizem as pessoas que estão do lado de vocês todos os dias, sejam elas namorado, amigos ou família. O amor é importante. 

E se não tiverem namorado não tem problema. Façam em família, com os amigos ou até sozinhos. Aprendam a apreciar a companhia de vocês também. 


XOXO.  

9.8.17
Moda: NÃO é só futilidade
foto Dior


Isso não é só um desabafo, isso é como eu enxergo a moda. 


 Muitas pessoas veem a moda como algo fútil mas a moda não se resume a bolsas e sapatos. A moda também pode ser uma ferramenta de inclusão se usada com consciência. Desde criança eu sofri preconceito por gostar de moda. As pessoas costumam achar que se você está bem vestida, não importa se você comprou as suas roupas no bazar de igrejas ou no brás, para essas pessoas você sempre será uma patricinha esnobe. Mas não é assim! Não importa o que você veste, nem a marca do que você usa, só como você se sente quando se olha no espelho. 

Você só precisa se olhar no espelho e se sentir feliz com quem você é, com o seu corpo, com o que você tem. 

Criei um projeto de custumização numa comunidade (que começará em breve) porque eu não quero mais que as pessoas se sintam inferiores por não estarem "na moda" ou por não terem roupas de marca. Quero ensinar as pessoas a fazerem a própria moda.

Eu queria poder dizer a cada uma delas que não importa se a sua calça rasgou porque calça rasgada também é legal; e que se você não tem um tênis, tudo bem, porque meias com chinelo também é legal. 
Eu não posso fazer como o Emicida e levar a favela ao Fashion Week mas eu gostaria de levar o Fashion Week a favela. Porque isso não é só sobre moda ou representatividade, isso é autoestima. 

O meu conselho para vocês que estão lendo isso agora é que parem de se importar com os rótulos que as pessoas e a sociedade dão à vocês. Elas sempre farão isso! As pessoas estão acostumadas a julgar. Ao invés disso, peguem os rótulos que os foram dados e virem ao contrário. Só assim elas verão quem você é por dentro e não só quem você é por fora. 


Como vocês veem a moda? Me contem nos comentários!


XOXO. 



31.7.17
Love Shop: 10 lojas para comprar online
Quem é Becky Bloom levanta a mão?! 

 Eu juro que tenho tentado me controlar e ser firme como a Rebecca no Filme Delírios de Consumo de Becky Bloom, mas tem me aparecido cada echarpe verde no caminho... A Becky ainda tinha a vantagem de só ter que lidar apenas com as vitrine das lojas, já eu, além de morar literalmente ao lado do shopping, ainda tenho uma série de lojinhas no Instagram me perseguindo hehe. E como não sou obrigada a passar vontade sozinha (migas sem grana, tamo juntas!) resolvi compartilhar as minhas novas seguidas na rede social que tem sido o delírio do cartão de crédito da minha mãe. 

Tem roupas, decor, papelaria, beachwear...

@tabaccoandleather




@os_on




@shoplovecamile



@pequenas_causas




@ahlma.cc





@garimppo




@lojatres




@megemeg.shop




@sislla




@marinaegabriella




E você,  já comprou em alguma dessas lojas? Conte-me sua experiência nos comentários. 


XOXO