26.10.15
Viagem para o Caribe
  
Para falar a verdade ninguém vai para o Caribe diretamente, só pra deixar claro, porque tem gente que não sabe disso. Eu mesma até uns anos atrás não sabia. Caribe é só o mar, as ilhas e etc. Você pode ir pro México por exemplo e conhecer o caribe, ou ir pra República Dominicana como eu fiz.


   Juro, todas as pessoas do mundo mereciam ir para a República Dominicana ao menos uma vez na vida e se hospedar no Paradisus Palma Real. Aqui no Brasil, nós contamos os hotéis como estrelas, se o hotel é o melhor na categoria, ele é cinco estrelas. Lá na República Dominicana quando ele ultrapassa o nível "estrelas" ele é contado como "diamantes" e esse resort é quatro diamantes na categoria. Considerado o melhor resort de lá, só perde para o Hard Rock. 





O PARADISUS PALMA REAL 


Instalações:


   O hotel tem uma vista privilegiada para a Praia do Bávaro, banhada pela oceano atlântico, de um verde oliva cristalino e um céu de tirar o fôlego. 



   O meu grupo de viagens tinha cinquenta amigos, não sei se nossa recepção foi diferenciada pela quantidade do grupo, ou se é assim para todos os hóspedes, mas quem acompanhou a viagem pelo snap (maynitizzi) viu que foi bem animada. Fomos direcionados para o Lounge do resort, que mas tarde se tornaria a balada, e nos receberam com esse coquetel cítrico e diferente de tudo o que eu já havia experimentado antes. E ali mesmo nos entregaram os cartões do quarto. 



   Não vou conseguir colocar foto de tudo de incrível que tem lá senão o post ficaria sobrecarregado, mas prometo destacar as minhas coisas favoritas. As piscinas eram duas gigantescas, mesmo. Elas davam a volta no hotel. Essa era a principal, e era tão grande que era dividida em duas partes, com uma ponte por cima servindo de passagem para a circulação de hóspedes. Também contava com bar, espreguiçadeiras dentro da água, três hidromassagens dentro da piscina e atividades de ginástica aquática com instrutor e aparelhos como bicicletas e etc.
   A outra piscina era enorme também, mas nada comparado a essa. O formato era quadrado, havia um bar ao lado, era rodeada de espreguiçadeiras e tendas para nos abrigar do sol e era bem mais "aconchegante" que a outra, apesar de na maioria das vezes mais cheia também. Já as demais piscinas eram de crianças e sempre próximas as de adulto. 




   A estrutura do hotel era fora de série, e sem dúvidas completa. Contava com bons restaurantes com pratos típicos das mais diversas regiões do mundo, spa, massagens chinesa, piscina de águas termais, teatro, academia de ponta, lago com flamingos, muito arvorismo, balada, loja, feirinha... Mas o destaque vai pro cassino. Gente, isso vicia! Gastei toda a minha grana, que não era muita, mas me diverti à beça. Valeu a pena sabe... Foi uma experiência incrível que eu achei que só teria com vinte e um anos em LA. 


As Regalias do Paradisus:




   O quarto era realmente algo que se destacava, de todos os hotéis que eu já fiquei, inclusive o de Paris (que até então seria divo que eu haveria me hospedado) nesse há uma certa superioridade pelo tamanho, conforto e com certeza pelo serviço. Essa banheira, não dá pra ver na imagem, mas era absurdamente grande, juro! As camas pareciam de casal, tinha mesas, sala de estar, varanda...




   Uma das melhores partes de ser hóspedes do Paradisus é que a toda hora a camareira passava e oferecia chocolates e outras coisas para fazer sua estadia a mais agradável possível. O serviço de quarto também funcionará 24 horas. Minha amiga, beijo Tamara, pediu pizza as três da manhã e chegou em 25 minutos. E esse chocolate gente, foi o mais gostoso que já comi até hoje. Pedia toda hora que encontrava alguma camareira no caminho, e elas davam assim, aos montes. 


Restaurantes do Hotel:




   No geral, todos os restaurantes tinham algo maravilhoso à oferecer. No almoço, eu preferia comer nos que ficavam perto da piscina e que não precisavam de reserva para não ter que me trocar. Todos esses tinham serviço buffet, mas eu preferia esperar até as 16h da tarde, quando a hamburgueria abria para almoçar lá. Eles tinham um angus sensacional, que eu comia sempre com arroz, saladas e batatas rústicas. 



   À noite a minha amada hamburgueria dava espaço para o restaurante mexicano, num clima totalmente diferente, mais requintado. Nos restaurantes com reserva os homens não podiam entrar de sandálias, bermudas ou camisetas cavadas, já para as mulheres não havia nenhum tipo de restrição quanto ao traje. Na longa lista de restaurantes havia, Steak House, Mediterrâneo, Mexicano, Churrascaria, Japonês, Italiano... Fora os com comidas variadas/buffet. 




   Mas a minha dica para você que  for ao Paradisus é: reserve pelo menos dois dias para jantar no Vento, o italianinho mais amor da República Dominicana. 





   Na sugestão do cardápio do Vento, eu aconselho, salada de carpaccio na entrada, raviolli no prato principal (melhor raviolli que você com certeza comerá na vida) e brownie com especiarias e sorvete para a sobremesa. 




   Para alegrar sua estadia peça um tradicional Cocoloko em qualquer bar do hotel. 




   E apresente esta foto ao Miguel, no bar principal do hotel. Esse drink ele fez especialmente para mim, mas não sei o nome nem todos os ingredientes. Mas me lembro que levava vodka de água de coco. 


Passeios: 



      O mar do Caribe é parada OBRIGATÓRIA gente. É tipo ir pro Rio e não ver o Cristo Redentor. Pague os U$ 87 dólares que eles cobram e vão até lá, garanto que vocês não verão nada parecido com aquela cor de mar. 




   Para chegar até o mar do Caribe você utilizará dois tipos de transporte, o que eles chamam de lancha rápida e o catamarã. A lancha é bem melhor porque torna o trajeto mas veloz, mas no catamarã você vai dançando com as dançarinas dominicanas, bebendo, conversando e tirando muitas fotos. 
   A travessia até as piscinas caribenhas, digo piscinas porque as águas batem na cintura, são através do oceano pacífico, que tem uma tonalidade azul bic. Chegando no mar caribenho você pode abaixar-se e pegar uma estrela do mar gigante como essa e boiar sem medo de ser feliz pois não há nenhum tipo de onde nem maresia. 




   No trajeto você passará por diversas ilhas, inclusive a que foi gravada o filme Lagoa Azul. Mas será na Ilha Saona que seu coração fará morada. O verdinho claro e cristalino despertará sensações indescritíveis aos seus olhos, a areia branca e fininha te dará certeza que está realmente num lugar privilegiado, as espreguiçadeiras à beira mar farão você nunca mais querer ir embora e a comida delicia, destaque para o arroz com açafrão, deixarão tudo na mais perfeita harmonia. 
   O único ponto negativo que não posso deixar de destacar é que no mar desta praia-ilha, tem muuuuitas pedras, e chega a incomodar bastante. Vale aquelas meias protetoras para entrar no mar, não será um gasto desnecessário. 




   Se você está ostentando dólares o Hard Rock vale a visita. Fica no shopping literalmente coladinho com o hotel, que disponibiliza transporte gratuito, ou com aqueles ônibus estilo safari, ou aqueles carrinhos de projac da globo para levá-lo sem fazer suar a camisa. Experimente as comidas e separe uma grana para as lembrancinhas. Para as meninas,se jogue nas bijuterias maravilhosas sem fazer a conversão do dólar para o real, se não vocês não levam nada, é muito caro. 




   O Dolphin Explorer foi uma das experiências mais fascinantes que já tive. Ao chegarmos, tivemos um passeio de lancha radical com giros de 360° divertidíssima, posteriormente nadamos com tubarão e raias e por último tivemos nossa experiências com as criaturas mais fofas e encantadoras do alto mar. Eles cantaram, dançaram, nadaram com a gente, nos beijaram e foi 100% amor. (Não postei nenhuma foto minha porque consegui não gostar de nenhuma :/ )




   O Coco Bongo é outra parada OBRIGATÓRIA na República Dominicana. Se você já foi em Cancún, não tem problema, vá de novo! Essa balada está longe de ser convencional e garante a diversão para toda a família. E ainda é OPEN gente. Vale destacar! hehehe. 
   Em meio as músicas, há apresentações circenses, imitações, muito papel picado e efeitos especiais. Prometo postar video no insta (@maynitizzi) e (@eventualmentealicia) em breve, é que não quero prolongar muito o post. 
   Outra coisa que vale destacar é que a balada vai até as 3 da manhã somente, regra do país. As meninas não devem em hipótese alguma ir de saia rodada ou vestidinhos, porque eles jogam aqueles jatos de ar e geral paga calcinha, também é bom evitar o salto e pode se jogar e dançar no palco sim que é ok!




   Pratique esportes na orla, pegue onda no Oceano Atlântico, voe de parapente, guie um catamarã e aproveite ao máximo a sua viagem. Afinal cada oportunidade é única e trás uma experiência diferente. No final você terá lembras lindas e a certeza de que seu dinheiro foi bem gasto e que lhe proporcionou uma bagagem cultural incrível.




   Espero que vocês tenham gostado do post, coloquem Punta Cana na listinha de destinos para visitar de vocês, se hospedem no Paradisus Palma Real e desfrutem de uma estadia sem igual como eu tive. E se vocês já foram, ficaram com vontade de ir ou vão em breve não deixem de me contar nos comentários. 

Qual próximo destino vocês gostariam de ver?


xoxo.

11 comentários:

  1. Só de olhar as fotos e ler a descrição de tudo já dá vontade de ir e não voltar mais, imagina pra ti que vivenciou tudo isso. Deve ter sido espetacular. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nati, foi realmente incrível. Espero poder voltar em breve *-*

      Excluir
  2. Oi Mayni !!
    Que lugar incrível *-*
    Não sabia desse detalhe que não se vai para o Caribe rsrs Mas com certeza deu muita vontade de ir a República Dominicana e ficar neste resort com certeza !!
    Amei o post !!
    Bjim

    blogpatyrezende.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Paty, eu também não, confesso hehehehe. Quando for tire muitas fotos e post no blog pra que eu possa ver. Beijão linda!

      Excluir
  3. Apaixonada estou *-* que hotel lindo, que lugar maravilhoso!!!


    ✿ isxbelly.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Is, é realmente demais né? fico feliz que gostou! Um beijo

      Excluir
  4. Que lugar lindo, esse mar dar vontade de nunca sair.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a cor mais incrível que já vi e presenciei Jess <3

      Excluir
  5. Cê deu passadinha lá no blog e agora eu que vim aqui. Vi seus posts sobre viagem e ameeei!! Que sonho, literalmente!! hahaha Até curti sua fanpage, bjs

    http://katiellycosta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que sonho, amei cada foto e cada detalhe.
    Como você conseguiu ir embora desse paraíso? hahaha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vim porque fui obrigada mesmo, porque por mim me mudaria facilmente para lá. Amei muito!

      Excluir